Siga-nos

icon-fbicon-yt

slogan-blog

Especialistas em Perda de Gordura e Tonificação Muscular

SAL MALEFICIOS E SUBSTITUTOS

salt 1600x1200

O consumo excessivo de sal conduz à elevação da pressão arterial e a complicações cardiovasculares. Isto porque quando há mais sódio no organismo acontece retenção de água, com consequente aumento do volume sanguíneo. Assim, pessoas com histórico familiar ou pessoal de hipertensão arterial, doenças cardíacas e renais devem evitar o consumo excessivo do sal, cuja recomendação de consumo diário para indivíduos saudáveis é de até 5 g. Enchidos, sopas e temperos industrializados também devem ser evitados.

 

Para reduzir o valor de sódio na dieta uma opção bastante viável é utilizar substitutos do sal. Ervas e especiarias agregam sabor aos pratos e são ingredientes indispensáveis na gastronomia. Cebola, cebolinha, alho, pimentas, e salsa são temperos já consagrados.

Outras opções naturais e saudáveis são:

 

 

  • Alecrim: muito utilizado na culinária portuguesa, é empregado em carnes, batatas, queijos, peixes e massas.

 

  • Anis estrelado: tipicamente empregado na culinária chinesa e indiana, é um excelente tempero para pratos doces e salgados.

 

  • Coentro: suas folhas e sementes são largamente utilizadas como tempero para peixes, carnes, aves, assados ou grelhados, molhos, sopas, lentilhas e legumes.

 

  • Louro: usado em feijões, legumes, marinados e assados.

 

  • Cominho: em sementes ou moído é utilizado em pequenas quantidades, em pratos à base de queijos, ovos, carnes, batatas, legumes, molhos e pães.

 

  • Orégãos: tempero para peixes, carnes, verduras, pizzas, molhos de tomates, massas.

 

  • Salva: indicada para recheio e preparação de carnes e aves, marinados, sopas, feijões, cremes, molhos de tomate, queijos, batatas e biscoitos.

 

  • Tomilho: aromático e levemente picante, é usado para temperar carnes, peixes, aves, molhos, pratos com tomate e queijos.

 

Outro substituto do sal convencional é o gomásio (do japonês, sal de sésamo) que pode ser utilizado em saladas, sopas, arroz, massa, empadões e outros pratos assados. O sésamo, cujo óleo é rico em ácidos gordos não saturados, em aminoácidos essenciais e em lecitina, fortifica o sistema nervoso e neutraliza a acidez, enquanto o sal marinho favorece a secreção dos sucos digestivos e estimula todo o metabolismo. A sua utilização permite reduzir os níveis de sódio aumentando, ao mesmo tempo, os níveis de cálcio, ferro, magnésio, proteína e fibra.

O seu uso é muito bom para indivíduos hipertensos, mas vale a pena lembrar que não se deve aumentar a quantidade de consumo. Procurar consumir em pequenas quantidades e com moderação

Ingredientes:

5 porções de sementes de sésamo brancas

1 porção de sal marinho

Preparação:

1.Tostar as sementes numa frigideira em lume médio durante 3 a 5 minutos, sem deixar que queimem.

2.Coloque-as num prato para que arrefeçam.

3.Triture as sementes com o sal.

4.Coloque num recipiente hermético e guarde no frigorífico.

Consumir alimentos sem sal pode parecer difícil a princípio, quando as células do paladar ainda não estão ajustadas ao sabor menos intenso. A utilização de outros condimentos facilita a adaptação, que ocorre em algumas semanas.

As vantagens da redução do consumo de sal não se restringem à manutenção de níveis de pressão arterial normal.

Consequências no nosso organismo do consumo de sódio em excesso

Pulmões: Em jovens que consomem muito sal, o oxigénio tem mais dificuldade em passar dos pulmões para a corrente sanguínea, afectando a respiração, segundo estudo da Universidade de Indiana, nos EUA

Olhos: Comer mais do que 6 gramas de sal por dia pode acelerar o aparecimento da catarata em até 53%, segundo estudo publicado em 2007 no periódico “American Journal of Epidemology”

Cérebro: Excesso de sal pode levar à hipertensão, uma das principais causas de AVC

Coração: Uma pesquisa da USP aponta que sal em excesso pode aumentar o tamanho do coração

Barriga: Consumir mais sal faz com que, indirectamente, as pessoas bebam mais líquidos, inclusive refrigerantes e refrescos adoçados com açúcar, o que colabora para o aumento de peso.

Estômago: Pesquisadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, acreditam que o sal induz a actividade da bactéria causadora da úlcera gástrica.

Rins: Sal em excesso pode aumentar a probabilidade de desenvolver doenças renais.

Empenhados no Teu Sucesso

Ricardo Vidal/Luís Pedro

PESOCERTO

915904499

www.pesocerto.com.pt

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar

Pesquisa

Por Data

Powered by mod LCA